Skip to content

Agendar CRV (DUT) no Detran – Passo a passo fácil!

A necessidade de agendar CRV (DUT), ainda deixa muitas pessoas sem saber por onde começar, como a Maria, que não entendia nada de documentação de veículos. Ela conseguiu resolver o problema facilmente, e neste artigo vamos te contar como ela fez.

Mas antes, entenda que nosso blog não representa nenhuma instituição. Nossas informações são baseadas em dados já divulgados pela imprensa nacional e pelos sites oficiais, os quais, são de acesso público e gratuito. Nossa intenção é somente facilitar o entendimento sobre o assunto.

A Maria, sempre preferiu deixar toda documentação do carro por conta de um despachante, provavelmente, assim como você. Mas ela estava com o orçamento curto não tinha como pagar um profissional, então decidiu resolver o problema por conta própria.

Ela começou a descobrir tudo sobre o CRV DUT, o que é, onde e como consultar as informações atualizadas, qual a importância desse documento, até mesmo descobriu como conseguir a versão digital.

Se você, também não entende nada de documentação de carro e não sabe o que deve fazer, leia os tópicos abaixo e encontrará a solução!

CRV DUT digital
Agendar CRV (DUT) no Detran – Passo a passo fácil!

Coprodução Internet/Google

É preciso agendar CRV (DUT) no Detran?

Não exatamente! O que você precisa agendar no DETRAN é a vistoria do veículo, pois só assim terá a liberação de CRV/DUT. O documento em si é normalmente emitido assim que o carro for liberado para transitar livremente.

Passo a passo para agendar CRV (DUT) online

Mesmo sem entender muito sobre documentação de veículos a Maria conseguiu o CRV sem pagar despachante, e realmente é muito simples e você também pode conseguir o seu, seguindo o passo a passo abaixo.

  • Entre no site do DETRAN do seu estado.
  • Vá até a seção de “Veículos” e encontre a opção referente à “Documentos do veículo”.
  • Entre na opção de “Emissão de 2ª via do CRV”.
  • Preencha o formulário de solicitação.
  • Gere e imprima o DAE (Documento de Arrecadação Estadual).
  • Siga as instruções de agendamento da vistoria.

Esse passo acima é generalizado, e cada DETRAN estadual tem caminhos e regras diferentes para a solicitação, por exemplo:

  • São Paulo: A solicitação deve ser feita pelo DETRAN Poupatempo, e é necessário agendar a retirada do documento.
  • Minas gerais: O pedido é feito integralmente no DETRAN MG e a liberação do CRV é praticamente imediata.
  • Paraná: O procedimento é feito online pelo site do PIA DETRAN PR, a entrega também é imediata.
  • Rio de janeiro: É um dos poucos estados onde a solicitação deve ser feita diretamente na agência do DETRAN RJ.

Desde 04/01/2021, a segunda via deste documento está sendo substituída pelo CRV DUT digital, por isso é essencial verificar como está a sendo o procedimento em seu próprio estado.

Aprenda como consultar CRV (DUT) pela internet.

Se você precisa saber a situação do seu CRV DUT, o consultar é bem simples, confira:

  • Entre no portal de Serviços do DETRAN.
  • Clicar em “Veículos” que está na página inicial. Neste momento você será direcionado ao site BR. Caso não tenha cadastro é necessário fazer, clicando em “Criar Conta”.
  • Na página seguinte aparecerá a lista de veículos que estão identificados como sendo o proprietário, e basta clicar no veículo em questão.

Caso você esteja precisando validar, ou seja, consultar o CRV de outro proprietário, ao clicar em “Veículos” role a página até encontrar a opção “Validar” e clique em CRV.

Depois é só preencher os dados como mostra a imagem abaixo.

CRV DUT onde acharCoprodução Internet/DETRAN Nacional

Agora que você já sabe como solicitar o CRV DUT e onde achar informações sobre esse documento, é preciso entender um pouco mais sobre essa documentação, e vamos te explicar tudo detalhadamente.

Qual a diferença entre CRV (DUT) e CRLV?

Muitas pessoas não entendem muito bem a diferença entre CRV, CRLV e DUT, mas antes de conhecer as diferenças entre eles, precisa saber o que significam, confira:

  • CRLV: Certificado de Registro de Licenciamento

De uma forma bem simplificada, podemos dizer que este é o documento emitido anualmente, quando o veículo está em sua total regularidade, vulgarmente chamado de “Documentos do carro”. Sendo que o porte deste documento é obrigatório.

Nele estão detalhados todos os dados do carro, como:

  • Números do RENAVAM, chassi e placa.
  • Dados do proprietário atual e antigo
  • Características do veículo, como, cor, ano de fabricação, marca e modelo, tipo de combustível
  • Espécie do veículo e categoria, podendo ser particular ou não.
  • Local do registro e data de emissão.
  • Observações gerais, tais como, se o carro está alienado a uma financiadora ou não.

CRV (Certificado de Registro do Veículo) e DUT (Documento Único de Transferência)

O CRV e o DUT são a mesma coisa. Este é o documento além de conter todos os dados do veículo, já mencionados para o CRLV, tem em anexo o recibo de compra e venda ATPV (Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo).

Portanto as principais diferenças entre esses dois documentos estão relacionadas quanto a validade e porte, pois o CRV não tem validade e não é de porte obrigatório, já o CRLV deve ser renovado anualmente e é deve estar sempre junto ao carro.

O CRV (DUT) deixará de existir?

Não exatamente! O fato é que, na resolução de número 809/2020 do CONTRAN, foi instituída a unificação dos documentos, e agora existirá o CTLV e CRV (DUT) digital.

Outro detalhe importante é que o recibo ATPV não será emitido em papel, sendo que a partir de 04/01/2021, somente existirá o ATPV-e, ou seja, o recibo de compra e venda eletrônico.

No vídeo abaixo você confere todos os detalhes dessas mudanças. Fique sempre atualizado, não deixe de verificar os outros artigos do nosso blog, “Agendamento”.